Como reduzir o impacto nos negócios causado por uma pandemia.

Gestão de crise é a área da comunicação que estuda a melhor maneira de reagir a um agente (interno ou externo) que de uma hora para outra começou a gerar prejuízos para a sua marca. Antes de mais nada, você precisa ter em mente 4 fundamentos básicos:

01. Não é hora de ganhar dinheiro

A primeira coisa que o empreendedor tem que ter em mente é que não é a hora para ganhar dinheiro. A gestão de crise foca em diminuir prejuízos. Qualquer tentativa de lucrar com o tema pode ser mal interpretada.

02. Foco na retenção

Este pode ser um bom momento para pausar todas as suas campanhas de aquisição de clientes e focar todas as suas energias na RETENÇÃO. Em um momento de crise, não perder clientes é muito mais importante do que ganhar.

03. Ordem, coordenação e planejamento

Essas são as palavras chaves para passar por uma crise. Você precisa planejar suas ações e avaliar todos os cenários. Nada sai do papel sem que tenha sido validado dentro de um planejamento antes.

04. Não é uma onda para ser surfada

Não é porque todo mundo está falando do Corona que você precisa “surfar nessa onda”. Diferente de um meme, o assunto é delicado e exige um jogo de cintura maior para lidar com a situação. Na dúvida, o silêncio é sempre uma excelente opção.

Tabela de estratégéias

Se você está perdido, essa é a hora de se acalmar e começar a pensar em soluções.
Para te ajudar nessa tarefa, desenvolvemos uma tabela com algumas propostas de ações. Confira:

Clique acima para acessar a tabela completa
Um olho no vírus,
outro na planilha.

Como você deve ter percebido, durante uma crise tudo muda rápido demais! Na China, algumas das primeiras empresas a se recuperar olharam pro-ativamente para o mercado e anteciparam as mudanças.
 

Para citar um exemplo, nos estágios iniciais do surto, a Master Kong (uma marca de macarrão instantâneo e bebidas), concentrou seus esforços em analisar diariamente as regiões afetadas pelo vírus e reorganizar sua logística. Com isso a empresa conseguiu antecipar o acúmulo e falta de estoque dos seus produtos em diferentes regiões, conseguindo estar presente onde seus concorrentes ainda não tinham chego. Como resultado, a cadeia de suprimentos da empresa já havia se recuperado em mais de 50% apenas algumas semanas após o surto.
 

É importante também que você saiba exatamente quanto dispõe de fluxo de caixa e reserva financeira para manter a sua operação caso as coisas compliquem. Planilhe tudo. Este tipo de dado te dará a segurança necessária para tomar decisões.

Diminua o ruído, crie comunidades.

Tentar mostrar o seu produto ou serviço para o público em meio ao caos é um desafio. É natural que seu post no Instagram desapareça entre Fakenews, atualizações sobre a epidemia e memes. O volume de informações é tão grande que dificilmente conseguiremos competir de igual para igual com o “assunto do momento”. É uma batalha perdida. E tá tudo bem perder essa batalha.
 

No entanto, existe uma maneira efetiva de ganhar a guerra: Canais privados. Criando uma comunidade no Whatsapp, Telegram ou Facebook, você cria um canal onde pode se comunicar com quase 100% de entrega. Nestes ambientes a atenção do cliente será toda sua (ao menos por um breve momento). Sem o ruído das redes sociais fica muito mais fácil o cliente notar sua mensagem e acabar comprando seu produto. Listas de e-mails também são maneiras de manter uma comunicação mais próxima com o cliente.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

© 2020 por Boost Propaganda